×
Welcome Newcomer

Pectus Excavatum Leve: Como o calçado ideal ajuda no tratamento

O pectus excavatum leve é uma malformação do nascimento, que cria uma depressão na região do peito, entre as costelas e que não representa qualquer risco à vida de uma pessoa

Nosso peito é como uma armadura para nossos órgãos vitais, armadura esta composta pelas costelas e por nossa coluna. 

Alterações ósseas nessa região são bastante comuns, muitas delas praticamente imperceptíveis e que não causam mal algum ao funcionamento do nosso corpo.

Dentre essas alterações, o pectus excavatum leve também aparece como uma malformação que causa uma pequena depressão na região do encontro das nossas costelas, no centro do nosso peito.

Em casos leves, não existem maiores transtornos associados. No entanto, o pectus excavatum em graus mais acentuados pode causar a compressão de órgãos vitais que estão situados na região, exigindo suporte cirúrgico para a correção da má formação.

Ainda que não cause mal ao nosso corpo quando em casos mais leves, essa malformação está associada a algumas síndromes, estas que, sim, podem ser fatores complicadores para o desenvolvimento e saúde humana.

 

O que é o pectus excavatum leve?

É uma malformação que atinge a região central do peito de uma pessoa, causando uma depressão na região.

Em casos menos complicados, o pectus excavatum não causa dano à vida, embora possa ser danoso para a autoestima de uma pessoa.

Atualmente, é possível encontrar procedimentos cirúrgicos para a correção dessa má formação, com recuperação bastante rápida entre crianças e adolescentes e, ainda, coberta pelo Sistema Único de Saúde.

O que causa o pectus excavatum leve

O que causa o pectus excavatum leve?

Atualmente, 1% da população mundial sofre com algum grau de pectus excavatum, dentre a qual os homens são aqueles mais atingidos. 

A causa são alterações fisiológicas do desenvolvimento fetal e, portanto, não podem ser necessariamente prevenidas, embora um bom pré-natal possa ser decisivo para que a saúde fetal e maternal seja mantida íntegra.

Quais são os sintomas e as consequências do pectus excavatum leve?

sintomas e consequências do pectus excavatum leve

Confira, agora, quais são os sintomas e, ainda, quais são as consequências de se ter pectus excavatum leve!

Sintomas

O quadro sintomático do pectus excavatum leve é inexistente, ainda que haja má formação torácica.

A questão estética, no entanto, pode afetar a autoestima de um indivíduo, tornando-o mais inseguro ou inibido com a aparência do seu corpo, o que pode causar complicações relacionadas à interação social, por exemplo.  

Consequências

As consequências de se ter pectus excavatum em grau leve não são muitas para além da questão estética e possíveis complicações relacionadas à autoestima do paciente.

No entanto, em graus mais elevados, o paciente pode ter a sensação constante de fadiga, de falta de ar e, até mesmo, problemas circulatórios que podem ser mais complicados, exigindo atenção médica.

Geralmente, como a malformação é observada ainda no nascimento do bebê, é possível fazer o tratamento de forma mais rápida, revertendo o quadro de pectus excavatum de maneira mais simples. 

como tratar pectus excavatum leve

Como tratar o pectus excavatum leve?

O tratamento do pectus excavatum leve pode ser realizado de forma cirúrgica ou não cirúrgica, a depender tanto do quadro, se leve, moderado ou intenso, quanto dos sintomas e do diagnóstico médico. 

Recomenda-se, no entanto, que seja para casos leves ou mais graves o tratamento seja iniciado o quanto antes for possível, uma vez que a deformidade passa a ser mais acentuada à medida que a criança cresce.

Em casos cirúrgicos, a recomendação é a de que seja realizado o procedimento durante a adolescência, uma vez que as estruturas ósseas já atingiram a sua maturidade.

Já naqueles casos em que a cirurgia não se faz recomendada, é possível tratar o pectus através de fisioterapia e, ainda, de tratamentos realizados com coletes, que fazem com que as escápulas sejam trazidas para trás, fazendo com que o peito se torne mais proeminente.

Outros tratamentos podem também ser utilizados, como por meio de bomba de vácuo que “puxa” as costelas para frente e suas cartilagens, provocando a normalização do aprofundamento no centro do peito.

Em casos mais graves, onde há comprometimento severo da qualidade de vida de um paciente recomenda-se a cirurgia. 

No entanto, busca-se sempre esgotar as modalidades de tratamento não-cirúrgico antes de realizar o procedimento, que costuma ter resultados excelentes e é coberto pelo SUS.

 

Pectus Excavatum Leve: Como o calçado correto pode auxiliar no tratamento?

Utilizar um bom calçado pode auxiliar no tratamento de diversos problemas de saúde, incluindo o pectus excavatum leve, que é uma alteração no desenvolvimento da região central do peito de uma pessoa.

Como os calçados ortopédicos e anatômicos normalizam a postura e a corrigem, nos levando a ter um maior e melhor equilíbrio corporal, é possível desfrutar de mais qualidade de vida e de melhores resultados em relação ao tratamento do pectus excavatum leve.

Quando se utiliza calçados convencionais, no entanto, temos uma maior complicação não apenas do pectus, mas de problemas da coluna, dos joelhos, tornozelos e pés, podendo criar um quadro de dor intensa.

Além disso, podemos também agravar problemas já existentes, como hérnias de disco, quadros inflamatórios e, ainda, artrite ou artrose.

Pectus Excavatum Leve: Como o calçado correto pode auxiliar no tratamento

Como a Loja Condi pode te ajudar?

A Loja Condi é o maior e-commerce de calçados ortopédicos e anatômicos do Brasil e está presente em todos os lugares em que a Internet está: na sua casa, em seu celular, tablet ou computador.

Comprar na Condi é fácil e você pode encontrar mais qualidade de vida e bem-estar em cada um dos nossos calçados, incluindo uma alternativa para a melhora do pectus.

Quer saber mais sobre a Condi? Acesse agora nossa loja!

Conclusão

O pectus excavatum leve é uma malformação congênita - isto é, nascemos com ela - que atinge a formação óssea, muscular ou cartilaginosa presente no centro do nosso peito, causando uma depressão na região.

Embora em casos leves não haja comprometimentos à saúde, o pectus pode causar mal-estar psicológico e complicações relacionadas à autoestima.

Por conta disso, uma vez diagnosticado o quadro, é essencial buscar ajuda médica e o tratamento fisioterápico, que pode contribuir com a correção do quadro e com a melhora substancial da qualidade de vida do paciente.



Deixe uma resposta

EM DESTAQUE

Artrose no Joelho X Vida Saudável

Artrose no Joelho X Vida Saudável

O que é artrose e como é causada?  A...

Calos e Joanetes: Você sabe como prevenir e evitar dores?

Calos e Joanetes: Você sabe como prevenir e evitar dores?

Convidamos a Ana, podóloga que está fazendo sucesso nas...

Pectus Excavatum Leve: Como o calçado ideal ajuda no tratamento

Pectus Excavatum Leve: Como o calçado ideal ajuda no tratamento

O pectus excavatum leve é uma malformação do nascimento,...

Qual roupa combina com bota: monte looks estilosos e confortáveis!

Qual roupa combina com bota: monte looks estilosos e confortáveis!

Está se perguntando quais são as roupas que combinam...

Dor no metatarso: o que causa, sintomas, e como tratar a metatarsalgia!

Dor no metatarso: o que causa, sintomas, e como tratar a metatarsalgia!

A dor no metatarso é sentida na parte frontal...

dor na junta do pé

Dor na junta do pé: o que pode ser e como aliviar o desconforto?

Além do desconforto e do incômodo constante, a dor...

×
Welcome Newcomer