Pular para o conteúdo

FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL

    Dor Ciática: Como Evitar e Tratar as Dores do Nervo Ciático

    Dor Ciática: Como Evitar e Tratar as Dores do Nervo Ciático

    dor no ciático

    A dor ciática é intensa, chata de lidar e pode nos incapacitar por alguns dias. Preveni-la exige medidas simples de correção postural e alongamento

     

    Introdução

    Um dos principais sintomas da dor ciática é a sensação de compressão da região do bumbum, que logo se torna uma dor intensa e, muitas vezes, incapacitante.

    Não é raro que a pessoa que experimentou por diversas vezes este tipo de sensação busque tratamentos para ciática.

    Eles são bastante simples, mas podem exigir o uso de alguns anti-inflamatórios injetáveis até que a dor cesse completamente.

    Por conta da agressividade do tratamento e, sobretudo, por conta da intensidade da dor, buscamos, hoje, levar algumas técnicas para alívio imediato para dor no nervo ciático.

    Tais técnicas podem ser executadas em casa, desde que com o devido cuidado e, preferencialmente, com o acompanhamento de um fisioterapeuta.

     

    O que é o nervo ciático?

    O nervo ciático é uma prolongação de algumas raízes nervosas que saem das vértebras finais da nossa coluna lombar.

    Quando inflamado - é importante frisar que a dor é consequência da inflamação ou compressão do nervo em si -, causa dor na região do quadrante superior externo da nádega.

    Como o nervo ciático é o maior nervo do corpo humano - ele nasce na região final da coluna lombar e se estende até o dedão do pé, ganhando outros nomes no percurso -, ele pode apresentar dor difusa em toda a sua extensão.

     

    Como é a dor ciática?

    A dor ciática pode ser localizada, na região do bumbum, sobretudo no quadrante superior externo da nádega.

    Ela pode se apresentar como pontadas, sensação de formigamento, choques e, até mesmo, com a sensação de ardência.

    No entanto, por conta da extensão do nervo ciático, não é raro que a dor ciática também irradie para outras regiões da perna.

    Dores irradiadas, normalmente, podem ser identificadas por não serem oriundas de uma batida ou lesão prévia.

    Além disso, também costumam ser bastante intensas, apresentando formigamento, sensação de peso no membro e, não raro, perda de sensibilidade na região.

    A dor no nervo ciático costuma ser unilateral e não atinge outras partes do corpo que não o bumbum e as pernas.

    Se a dor apresentada for bilateral é necessário e fundamental para o tratamento médico buscar exames de imagem para verificar o estado e a saúde das vértebras lombares.

    A dor, irradiada ou não, quando é bilateral, pode chamar a atenção para o diagnóstico de hérnias de disco extrusas, sequestradas ou protusas.

     

    causa de dor no nervo ciático

    Causas da Dor ciática

    As causas da dor ciática são diversas e cada paciente pode ter duas ou mais causas relacionadas.

    Por conta disso é fundamental que o diagnóstico seja feito de forma correta, utilizando também exames de imagem para respaldar o argumento médico.

    É importante frisar, também, que a dor ciática é um sintoma de que há outra disfunção no corpo do paciente.

    Por isso, buscar ajuda médica é fundamental, a fim de identificar e corrigir outras alterações que possam existir.

     

    Dor ciática e disfunção sacroilíaca

    O sacro é o osso final da nossa coluna, que fica posicionado em nossas nádegas.

    Quando há alguma disfunção relacionada ao osso, pode haver também a inflamação do nervo ciático causada pela compressão não-anatômica do osso.

    Se for essa a causa da inflamação do ciático, a compressão do sacro pode aliviar a dor, sendo este movimento parte do diagnóstico diferencial.

     

    Hérnia de disco como causa da dor ciática

    Como o nervo ciático nasce das ramificações nervosas das vértebras L4, L5 e S1, se houver qualquer tipo de hérnia nessas vértebras podemos também ter uma disfunção com a formação do nervo ciático.

    Assim, vale também um exame de imagem a fim de conferir a saúde das vértebras lombares e sacrais.

     

    Má postura como causa da dor ciática

    A má postura é uma das causas mais relacionadas à saúde da nossa coluna e, sobretudo, o que mais explica dores na região.

    Podemos identificar que a coluna possui curvaturas específicas que tendem sempre ao equilíbrio. Veja:

    • A região sacral possui um curvatura positiva quando observamos o corpo de lado. Ou seja: ela é "para fora", igual a região dos nossos ombros;
    • Já a região lombar possui uma curvatura negativa, ou seja, é para dentro do corpo. Da mesma forma é a região do pescoço.

    Quando há equilíbrio entre essas curvaturas o corpo não precisa fazer movimentos compensatórios e, assim, não há a compressão desnecessária da região sacral e lombar, responsáveis diretas pela dor ciática.

     

    Como evitar a dor ciática

    Prevenir a dor ciática é possível e está ao alcance de todas as pessoas que já sofreram, em algum momento da vida, com essa dor tão intensa e incômoda.

    Veja, agora, quais são as nossas dicas para o tratamento da dor em si e para a prevenção dela.

     

    Tratamento

    Todo e qualquer tratamento de saúde exige o acompanhamento e a prescrição de um médico.

    No caso da dor ciática o tratamento para dor é feito por analgésicos e anti-inflamatórios de uso oral ou injetáveis.

    A dor desaparece dentro de, em média, três dias de tratamento, mas se a causa dela não for tratada pode - e certamente - irá retornar, visto que a dor ciática é um sintoma de outra complicação relacionada à saúde.

     

    Alongamento

    O simples alongamento é capaz de, por si só, prevenir a dor ciática, sobretudo pela descompressão das vértebras lombossacrais.

    Para executar um movimento bem simples que pode aliviar a dor, basta deitar de forma confortável, preferencialmente no chão, e puxar para o peito os dois joelhos, segurando-os por alguns segundos.

    Esse movimento pode causar dor nas primeiras repetições, sobretudo na região do bumbum.

    Para potencializá-lo, experimente cruzar as pernas, colocando o tornozelo sobre o joelho, como a formar o número 4, rotacionando a perna.

    Esse movimento é ainda mais potente e pode ser feito de forma regular e preventiva contra a dor ciática.

    banner tenis

     

    Conclusão

    A dor ciática pode ser bastante incômoda e, não é raro, frequente.

    Por isso, ter bons hábitos de saúde podem preveni-la, e dentre eles podemos destacar:

    • Praticar esportes com regularidade;
    • Manter o corpo alongado;
    • Fazer consultas e exames de forma regular;
    • Não abandonar o acompanhamento médico de outras questões de saúde, sobretudo relacionadas com a coluna;
    • Utilizar calçados ortopédicos, a fim de assegurar o equilíbrio do corpo.

     

    Com todas essas dicas, certamente, você irá se ver livre da dor ciática e poderá aproveitar muito mais a vida, com segurança e conforto!

    comment 6 comentários

    R
    Rosenilda Correia Mota calendar_today

    Aprendi muito…….foi claro achei exatamente o que estava procurando entender sobre essas dores que sinto sempre, agora vou praticar essas dicas. MUITO OBRIGADO pela diga!!!

    R
    Rosenilda Correia Mota calendar_today

    Aprendi muito…….foi claro achei exatamente o que estava procurando entender sobre essas dores que sinto sempre, agora vou praticar essas dicas. MUITO OBRIGADO pela diga!!!

    R
    Rosenilda Correia Mota calendar_today

    Aprendi muito…….foi claro achei exatamente o que estava procurando entender sobre essas dores que sinto sempre, agora vou praticar essas dicas. MUITO OBRIGADO pela diga!!!

    E
    Eliane calendar_today

    Ótimas dicas, muito bem explicado
    Aprendi muito

    R
    ROSILDA CORREA calendar_today

    Gostaria de saber se o tamanho é igual a todos os calçados ou tem alguma diferença…

    Deixe um comentário

    Os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados

    Entrega Garantida

    Oferecemos frete gratuito com entrega rastreável

    Parcele em até 12x

    Aceitamos cartão de crédito e boleto bancário

    Atendimento 24h

    A nossa equipe está sempre preparada para te atender

    WhatsApp

    Perguntas Frequentes

    Encontre aqui a resposta que você procura

    FAQ

    ✔️ Produto adicionado com sucesso.